Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010

SEM MEDO

Fechei-me com a minha mágoa e o meu desgosto, como se fossem o centro do mundo e nada mais houvesse em meu redor..

Muito tempo depois, acordei e olhei à minha volta: estava tudo na mesma. tudo continuava girando na grande roda da vida, como se nada me tivesse acontecido.

A grande diferença estava em mim, que tinha crescido e aprendido???; ao viver a tristeza e a solidão.

Passaram muitas luas desde então.

Tento alterar formas de pensar e de agir.

Tento dar lugar ao espaço e ao tempo para tudo acontecer...naturalmente

Tento, esforço-me para afastar para bem longe a razão de todas as minhas dúvidas, revoltas e inseguranças: O MEDO

Para o vencer preciso de acreditar, preciso de ter coragem, muita força de vontade e muita ajuda..

Quero empurrar este MEDO para bem longe, mas ele volta, sorrateiro, silencioso, traiçoeiro, matreiro, pela calada da noite e chega quando eu menos espero (é muito inconveniente este MEDO).

Talvez um dia o sol se levante e eu acorde SEM MEDO....

Será tarde?.....

publicado por oquenuncavi às 21:59
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
27
28
29
30

31


.posts recentes

. SEM MEDO

. Desculpa

. Incerteza

. viver despenteada

. Bolo de chocolate

. DIETA

. SAUDADES

. a minha filha

. confiança 2

. confiança

.arquivos

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favorito

. SEM MEDO

. SAUDADES

blogs SAPO

.subscrever feeds